Esclarecimentos
 
quarta, 22 de agosto de 2007
Mesa Diretora da Câmara de Dois Vizinhos esclarece mentiras sobre custos de vereadores
O vereador Odolir Piccolli chegou a pedir na tribuna que seja montada uma comissão processante de inquérito para esclarecer as mentiras publicadas pelos vereadores do grupo aliado ao prefeito

Em resposta a matéria publicada pelos meios de comunicação no último final de semana, repassada pela assessoria de imprensa da prefeitura municipal e assinada pelos vereadores Alcir Ganassini, Raul Isoton, Mauri Ferreira dos Santos e Maria Marli Back da Silva aliados políticos do prefeito padre, os vereadores que compõem a Mesa Diretora da Câmara vêm a público esclarecer a verdade sobre as despesas do Legislativo.

De acordo com o atual presidente da Casa de Leis, Francisco Peretto, que classificou a matéria como mentirosa, pois de acordo com os balancetes mensais de gastos os dados são bem inferiores e a matéria é apenas por rancor e ódio pela derrota na eleição da Câmara. “Quem deveria me dar exemplo está me decepcionando. Picuinhas, perca da eleição devem ser deixadas de lado, precisamos pensar em Dois Vizinhos”, declarou Peretto.

“Transformamos o Poder Legislativo com competência, graças às revoluções nesta Casa, os vereadores sabem o que acontece e o que é votado, hoje temos estrutura própria para trabalhar”, declarou o Vice-Presidente Odolir Piccolli.

Pedro de Jesus Colaço, primeiro secretário da mesa, cobrou providências dos fatos e pediu para que os vereadores que assinaram a matéria que provem a origem dos dados publicados, do contrário terão que se explicar judicialmente. “Quero que seja expostos os gastos da Câmara e vamos discutir isso na esfera judicial”, argumentou Colaço.

Conforme Gilmar Gusso membro da mesa essa cobrança é apenas pelas magoas da derrota da Câmara no inicio do ano e que todos estão o culpando por esse motivo, mas que terão que provar o que estão dizendo. “Agora vão provar por A mais B o que colocaram na matéria e depois vira os processos na justiça”, desabafou Gusso ao informar que os vereadores atacados estão buscando seus direitos na justiça.

Os balancetes das despesas do Legislativo estão publicados na página da Câmara e as despesas do quadrimestre estão expostos em um outdoor na frente do prédio da Casa de Leis.

Despesas Mensais de 2007


Janeiro - Despesa Mensal - R$ 54.729,42; Salário do Vereador -R$ 1.973,65
Fevereiro - Despesa Mensal - R$ 55.200,94; Salário do Vereador - R$ 1.973,65
Março - Despesa Mensal - R$ 62.718,78; Salário do Vereador - R$ 1.973,65
Abril - Despesa Mensal - R$ 66.996,17; Salário do Vereador - R$ 1.973,65
Maio - Despesa Mensal - R$ 80.039,19; Salário do Vereador - R$ 1.973,65
Junho - Despesa Mensal - R$ 52.273,89; Salário do Vereador - R$ 2.044,90
Julho - Despesa Mensal - R$ 62.827,22; Salário do Vereador - R$ 2.044,90

Obs. O valor das despesas está baseado nos balancetes que são repassados ao Tribunal de Contas do Estado e o salário dos vereadores é um valor bruto.

Legenda: Vereadores da Câmara durante a sessão em que foi discutido a matéria considerada mentirosa pelos vereadores que compõem a Mesa Diretora da Casa de Leis.
Fonte:
 
 
 
Rua Souza Naves, 395 - Centro
85660-000 - Dois Vizinhos - PR
(46) 3536-1321
2022 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual